Como Posso Aumentar o Preço do meu Produto?

Como Posso Aumentar o Preço do meu Produto?

Definir o preço do seu produto não é uma tarefa simples. São vários fatores a serem analisados e buscados para determinar o preço de um produto. Depois de definido, seu produto também poderá aumentar de preço por inúmeros motivos, mas saiba que um aumento injustificado pode irritar o seu cliente.

Por isso, o primeiro ponto a ser tomado como base ao aumentar o preço de seu produto é: ter uma justificativa aceitável para aumentá-lo. Um dos motivos que podem tornar plausível esse aumento são os reajustes de custos, como as mudanças na tributação.

Lembre-se de que se esse aumento de preço for apenas baseado na vontade de seu dono, ou até mesmo visando apenas um lucro maior, a consequência disso provavelmente será a perda de vendas.

Outro ponto a tomar como base, é o mercado. Acompanhar o mercado sempre é uma ótima ideia, tanto para o aumento de preço, como também para o nivelamento do seu produto com os seus concorrentes. Para o seu produto ter um valor maior que os demais, ele tem que ter algo a mais, oferecer uma experiência diferente, que possa compensar o pagamento de um valor mais alto. Portanto, ofereça mais, dê mais, desde o atendimento até o resultado do produto.

Se a intenção da sua empresa ao aumentar o preço for de apenas aumentar os lucros, pense também em como cortar os gastos para a fabricação e manutenção deles. Quando possível, cortar os custos sempre é uma ótima alternativa para aumentar o lucro sem precisar aumentar o preço.

Um preço pode ter vários sentidos, um deles é o que ele realmente vale e o que custou para você fazê-lo, ou então, o valor agregado ao produto que está sendo vendido. Uma dica muito interessante é parar de pensar apenas no lucro, e começar a trabalhar também com o valor agregado que o seu produto tem. Como já dito, aumentar o preço apenas pela vontade de ter lucros maiores não é uma boa ideia, a começar pelos seus clientes: pense que eles terão o mesmo produto, sem nenhum valor a mais agregado, só que terão que pagar mais caro. Por isso, uma boa saída é pensar em como seu produto pode ter a percepção de valor aumentada, como pequenas melhorias, ou até mesmo incluir serviços que não custariam muito, mas que fariam aumentar essa percepção em seu público.

Antes de aumentar o preço de seu produto, crie estratégias e trilhas para todos os rumos que sua decisão poderá levar, e procure sempre ser transparente com seus clientes e trata-los sempre com profissionalismo e dignidade. Isso poderá fazer toda a diferença na hora da tomada de decisões.

Ser verdadeiro com os clientes é uma ótima prática quando falamos do aumento de preços. Aproveite todas as oportunidades que tiver para mostrar a qualidade de seu produto ou serviço e como vale a pena tê-lo ou comprá-lo. Agradeça sempre pelos feedbacks e críticas que podem eventualmente vir à tona.

Ao oferecer um produto revitalizado, ou de certa forma, novo, seja criativo, invente, crie coisas novas e atendimentos diferenciados para seu produto que aumentarão o seu valor agregado, justificando o aumento do seu preço. É sempre importante ouvir a opinião de clientes e associados, mas não deixe de fazer isso por conta das críticas: aumentar os preços é uma coisa inevitável, portanto, confie na sua decisão e acredite no potencial do seu produto. A autoconfiança é uma chave importante para que tudo dê certo.

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Parte do Movimento Empresa Júnior, o Grupo Gestão é uma organização sem fins lucrativos, formada por alunos da Universidade de Brasília, com o propósito de impactar a sociedade através de uma consultoria empresarial inovadora.

BAIXE AQUI