O que são indicadores de desempenho e como aplicá-los na sua empresa

O que são indicadores de desempenho e como aplicá-los na sua empresa

Para que uma empresa se mantenha em constante evolução, cresça e obtenha resultados cada vez mais expressivos, é necessário, principalmente, FOCO. Mas como manter o foco quando há tantas coisas na nossa frente? Como responder da melhor maneira aos vários desafios diários que enfrentamos? E o mais importante, como saber se estamos nos saindo bem e onde podemos melhorar? Estas perguntas rondam diariamente a cabeça dos colaboradores de qualquer empresa. A resposta está em como definimos o que é “ter foco”. Significa ter um objetivo, estabelecer um planejamento e ter persistência para atingir as nossas metas.

Para que consigamos isso, é necessário mensurar o nosso desempenho de alguma forma. Vamos tomar como exemplo o ato de ir à cozinha para fazer um café: antes de qualquer coisa, precisamos ferver um pouco de água. Temos várias maneiras de saber quando atingimos o ponto de fervura, seja pelo borbulhar do líquido ou até mesmo pela temperatura indicada por um termômetro colocado na água. Em ambos os casos temos algo que nos mostra se estamos progredindo para atingir nossos objetivos ou se já o atingimos, isso é o que chamamos de indicador.

 

O que é um KPI?

 

KPI é uma sigla em inglês que quer dizer Key Performance Indicator, podendo ser traduzido como Indicador Chave de Performance. Esses indicadores têm por finalidade fazer uma tradução do andamento dos processos da empresa em números, não só para facilitar o entendimento e gerar informações mais precisas para o tomador de decisão, mas também para aumentar a fluidez da comunicação entre áreas da empresa, fazendo com que os membros tenham um modo mais palpável de saber como cada setor da empresa está se saindo.

 

Como nascem os indicadores?

 

Um ponto a se destacar é que, como os indicadores são utilizados para medir o desempenho de uma estratégia traçada pela empresa, eles são criados depois do desenvolvimento desta estratégia. Isso permite que a empresa e seus gestores entendam de fato como está sua operação e, com isso, saibam onde precisam dar mais atenção ou fazer mudanças. Todo esse processo começa com a criação de um planejamento estratégico. Contudo, a medição obtida a partir dos indicadores dá bons indícios, também, de como a empresa se encontra em qualquer setor, não apenas defronte a estratégia traçada.

 

Existem várias categorias de indicadores, e isso se deve ao fato mencionado previamente de que eles servem para medir não só o desempenho estratégico da empresa, mas também como medidores operacionais e organizacionais da mesma. Dentre as categorias mais importantes, podemos destacar os indicadores de qualidade, de produtividade e de capacidade, além dos já citados indicadores estratégicos. Ademais, uma técnica muito utilizada quando da elaboração de indicadores é a SMART, acrônimo em inglês que significa:

 

  • S – Specific (Específico)Seu indicador deve ser claro e não deve abrir espaço para nenhuma dúvida, nem ambiguidade, tendo um objetivo muito bem definido.
  • M – Measurable (Mensurável) – Você deve ser capaz de calcular e manipular numericamente o indicador, ele deve ser, portanto, tratado como uma medida quantitativa de mensuração desempenho.
  • A – Attainable (Atingível) – Os indicadores devem se ater a realidade! Isso quer dizer que eles devem passar a sensação de serem desafiadores, mas não inalcançáveis. Indicadores razoáveis e palpáveis são a chave para o sucesso.
  • R – Relevant (Relevante) – Medições não pertinentes àquilo que se quer monitorar tiram o foco do objetivo que se procura atingir.
  • T – Time based (Temporais) – Prazos bem definidos para a coleta dos indicadores permitem maior organização e permitem a comparabilidade ao longo do tempo do desempenho dos mesmos.

 

A seguir demonstramos uma tabela com exemplos de indicadores definidos para objetivos específicos e suas respectivas metas:

 

 

 

Com a estratégia da empresa traçada e indicadores bem definidos, é necessário também que sejam traçadas metas a serem atingidas. A estratégia da empresa se resume nos objetivos que a mesma busca atingir, sejam eles de curto, médio ou longo prazo, mas são as metas que mantém os colaboradores motivados e com o esforço bem direcionado para fazer a empresa crescer. Como discorrido até agora, os indicadores vão passar as informações para que seja efetivamente conhecido o desempenho da empresa, de forma a saber se o esforço despendido está sendo feito da forma correta e direcionado ao local correto.

 

Como eles podem melhorar a comunicação na empresa?

 

Uma parte importantíssima e determinante no sucesso de qualquer instituição ou empresa é a comunicação entre as áreas. A comunicação é aquilo que sustenta a relação de integração entre diferentes áreas de qualquer negócio e que permitem que uma estratégia traçada seja efetiva e bem executada.

 

De que forma os indicadores podem trazer uma melhora na comunicação da empresa? Por serem medidores objetivos de desempenho, quantitativos e por terem como objetivo facilitar o controle  por parte da área responsável por eles, os indicadores são formas excelentes de qualquer membro da empresa:

  1. entender o que está acontecendo em cada setor
  2. avaliar como seu próprio setor pode ser atingido
  3. descobrir o que pode fazer para melhorar seu próprio desempenho, de modo que as metas sejam atingidas que a estratégia da empresa seja plenamente atendida.

 

Complementando ainda mais a pertinência dos indicadores em relação a comunicação entre as áreas da empresa, ressalta-se a adoção de uma gestão à vista, que permite que fique mais visual e menos poluído o ambiente de análise de desempenho, melhorando a compreensão dos dados coletados.

 

Gabriel Guimarães, nascido em Criciúma – SC, aluno de Engenharia de Produção da UnB, membro do Grupo Gestão em 2018. Para sempre movido por desafios, transformado por paixão.

 

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Parte do Movimento Empresa Júnior, o Grupo Gestão é uma organização sem fins lucrativos, formada por alunos da Universidade de Brasília, com o propósito de impactar a sociedade através de uma consultoria empresarial inovadora.

BAIXE AQUI