Por que não planejar o seu negócio é um problema?

Por que não planejar o seu negócio é um problema?



De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), cerca de 31% das companhias encerram suas atividades no primeiro ano de funcionamento, período crucial para o estabelecimento de novas empresas no mercado. Isso se deve muito ao fato de que a maior parte dos novos empreendedores priorizam a qualidade de seu produto e sua relação custo-benefício, enquanto negligenciam o planejamento estratégico e financeiro de seu negócio.

Ter um produto ou serviço inovador, que possui uma ideia bem estruturada por trás e um bom investimento inicial não são os únicos fatores importantes para um negócio de sucesso. Para que seu empreendimento seja bem-sucedido, é essencial saber que tipo de necessidade seu produto ou serviço atende, qual o diferencial que ele tem, como ele se comporta de acordo com o mercado no qual está inserido, em quanto tempo seu investimento será recuperado e quais são os objetivos por trás de sua marca.

O planejamento estratégico proporciona que se tenha uma visão completa do negócio, quais são seus objetivos, essência, ideais, público-alvo, forças, fraquezas e oportunidades. A partir do reconhecimento de todos esses aspectos, é possível traçar objetivos e metas tangíveis para que se possa acompanhar e mensurar desenvolvimento do empreendimento.

Outro fator importante para o seu negócio é o mercado no qual ele está inserido. É fundamental entendê-lo profundamente, de forma a saber se seu produto ou serviço atende às necessidades dos consumidores e se segue as tendências mercadológicas atuais. Conhecendo bem esse mercado, é possível melhorar a precificação do seu produto ou serviço, o que além de aumentar a lucratividade da empresa, traz maior embasamento para a tomada de decisões.

Quando não se tem uma ideia muito concreta dos objetivos de seu negócio, é muito mais difícil traçar planos de ação, reconhecer suas fraquezas e seus pontos fortes, saber aproveitar oportunidades e se preparar para ameaças. Além disso, quando não há um planejamento financeiro, o cálculo do retorno dos investimentos e a análise do faturamento da empresa fica baseada em análises qualitativas e a tomada de decisão se torna menos assertiva.

Casualidades são inevitáveis, porém, quando se tem noção clara de quais os problemas podem ser enfrentados por seu empreendimento e como mudanças em padrões de consumo ou no mercado podem afetá-lo, é possível traçar planos de ação por meio dos quais podemos minimizar os efeitos das casualidades em seu negócio.

A antecipação de problemas é uma das grandes vantagens competitivas de uma empresa no mercado, o que facilita o estabelecimento de metas e objetivos estratégicos para que o crescimento do negócio seja potencializado.  

Um negócio de sucesso acompanha as demandas atuais e possui grande capacidade de adaptabilidade às mudanças socioeconômicas da sociedade da qual ele faz parte. Quando você não se planeja de forma adequada, estabelecer metas de crescimento palpáveis e observar os gargalos existentes se tornam tarefas quase impossíveis, o que dificulta a análise de entradas e saídas da sua empresa e impossibilita a noção de crescimento e barreiras.

Assim, planejando as atividades de sua empresa constantemente e buscando sempre estar de acordo com as tendências de mercado, você vai conseguir ter, efetivamente, um negócio de sucesso.

 

 

Bianca Mazzaro. Natural de Brasília, estudante de Engenharia de Produção na Universidade de Brasília e consultora do Grupo Gestão Consultoria, apaixonada por fotografia, experiências gastronômicas e viagens.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Parte do Movimento Empresa Júnior, o Grupo Gestão é uma organização sem fins lucrativos, formada por alunos da Universidade de Brasília, com o propósito de impactar a sociedade através de uma consultoria empresarial inovadora.

BAIXE AQUI