Por que sua empresa precisa fazer parte da Business Model Generation?

Por que sua empresa precisa fazer parte da Business Model Generation?

Nos anos 2000 um doutorando tinha um desafio: descrever um modelo de negócios genérico utilizando uma linguagem visual. Esse é Alexander Osterwalder, suíço, empreendedor, criador, escritor, co-fundador da strategyzer.com e líder de uma equipe que contou com mais de 400 profissionais de 45 países para a criação do livro Business Model Generation.

Alexander não só conseguiu vencer o desafio com êxito mas também criou uma ferramenta totalmente inovadora, o Business Model Canvas (BM Canvas ou Canvas do Modelo de Negócios, em português).

Composta por 9 blocos, a ferramenta do suíço tem como objetivo levar os empreendedores a responder quatro perguntas: “O que? Para quem? Como? e Quanto?”. Dessa forma, a ferramenta os estimula a repensar os aspectos fundamentais do negócio como os clientes, fornecedores e parceiros e como eles estão assimilando a proposta de valor da empresa. É esse o grande diferencial do Business Model Canvas e o motivo de tantos empresários adotarem essa como uma das principais ferramentas de suporte à gestão.

Sua empresa precisa fazer parte do Business Model Generation pois essa ferramenta simples pode alavancar seu negócio em um piscar de olhos. O canvas promove a documentação e questionamento de pontos-chave da organização, promovendo discussões interessantes e o levantamento de pontos de melhoria.

O BM é uma maneira simples e holística de dar suporte à gestão do seu negócio mas muitos gestores, ao se depararem com o Business Model Canvas pela primeira vez confessam se sentir confusos a respeito de seu preenchimento e por onde iniciar o processo. Entretanto, Osterwalder se mostrou bastante inteligente ao associar o preenchimento do Canvas de modo que após iniciado, o processo se tornasse intuitivo, sugerindo a seguinte orientação:

1 – Segmento de Clientes – essência do negócio. Diferentes grupos de pessoas ou organizações que uma empresa visa alcançar ou servir

2 – Proposta de Valor – Descreve o pacote de produtos e serviços que criam valor para um Segmento de Clientes específico

3 – Canais – Como uma empresa se comunica e alcança seus Segmentos de Cliente para entregar uma Proposta de Valor

4 – Relacionamento com Clientes – O modo com que o Relacionamento é estabelecido e mantido com cada Segmento de Cliente

            *Cada Segmento de Cliente pode ter um relacionamento particular

5 – Fontes de Receita – Cada fonte de receita representa o sucesso na oferta da proposta de valor aos clientes

6 – Recursos Principais – Elementos ativos, recursos, ferramentas e sistemas necessários para entregar processos essenciais da empresa

7 – Atividades-Chave – Ações mais importantes para fazer seu Modelo de Negócios funcionar

8 – Parcerias Principais – Com quem você conta para realizar atividades terceirizadas ou adquirir recursos externos à empresa

9 – Estrutura de Custo – Elementos do Modelo de Negócios que geram custos à empresa

Além do fluxo de preenchimento, é importante que durante esse processo os gestores façam alguns questionamentos para se tornarem mais conscientes de suas respostas. Aqui estão algumas perguntas que podem ser feitas para cada bloco do Canvas:

1.Segmento de Clientes

Para quem estamos criando valor?

Quem são nossos consumidores mais importantes?

Quais são as suas principais necessidades?

Quais são suas principais atividades?

Quais são suas principais dores?

Quem queremos atingir/ Qual é o nosso público-alvo?

2. Proposta de Valor

Que valor entregamos a este Segmento de Clientes?

Qual (ou quais) problemas o estamos ajudando a resolver?

Quais necessidades estamos satisfazendo?

Quais benefícios oferecemos a este Segmento de Clientes?

3. Canais

Através de quais canais nossos Segmentos de Clientes querem ser contatados?

Como os alcançamos agora?

Como nossos Canais se integram?

Como distribuímos nosso produto?

Como os nossos clientes têm acesso aos nossos produtos/serviços?

4. Relacionamento com Clientes

Que tipo de Relacionamento cada um dos nossos Segmentos de Clientes espera que estabeleçamos com eles?

Qual o custo de cada um?

Como se integram com o restante do Modelo de Negócios?

Como nos relacionamos com cada tipo de clientes?

Temos políticas de fidelidade ou descontos?

Nosso tratamento é impessoal ou personalizado?

5. Fontes de Receita

Quais valores cobramos pelos nossos produtos ou serviços?

Quais valores nossos clientes estão realmente dispostos a pagar?

Pelo que eles pagam atualmente?

Como pagam?

 6. Recursos Principais?

Que recursos principais nossa Proposta de Valor requer?

Nosso Relacionamento com Clientes?

Nossos Canais de Distribuição?

O que precisamos ter para garantir que a empresa funcione?

Quais recursos são essenciais para entregarmos nossa proposta de valor?

 7. Atividades-Chave

Que Atividades-Chave nossa Proposta de Valor requer?

Nossos Canais de Distribuição?

Nosso Relacionamento com Clientes?

O que precisamos fazer para garantir que a empresa funcione?

Quais atividades precisamos executar para entregarmos nossa proposta de valor?

8. Parcerias Principais

Quem são nossos principais parceiros?

Quem são nossos fornecedores principais?

9. Estrutura de Custo

Quais são os custos mais importantes do nosso Modelo de Negócios?

Que Recursos Principais são mais caros?

Após a estruturação inicial do Modelo de Negócios da sua empresa, é importante que ele seja revisto aperfeiçoado constantemente. É recomendado que os pontos onde se observou maiores dificuldades de serem preenchidos sejam levantados e trabalhados com mais atenção pela equipe de gestão do negócio. Com a melhoria desses pontos e a elaboração de estratégias de gestão para trabalhá-los tais pontos podem se tornar alavancas para que o negócio funcione de maneira mais fluída.

Sobre o autor

Grupo Gestão

Acreditamos na força do empreendedorismo. Dessa forma, buscamos fazer a diferença em nossa sociedade através de consultorias inovadoras, com o objetivo de alcançar melhores resultados para o seu tipo de negócio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Parte do Movimento Empresa Júnior, o Grupo Gestão é uma organização sem fins lucrativos, formada por alunos da Universidade de Brasília, com o propósito de impactar a sociedade através de uma consultoria empresarial inovadora.

BAIXE AQUI